quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Abandono

E tudo vai mudar, eu prometi pra mim que tudo vai mudar!
Preciso que tudo mude... eu estou morrendo por dentro, toda essa ansiedade, esse medo e essa insegurança só me faz uma mulher fraca, me faz uma mulher instável e frágil aos olhos teus.
Eu me culpo todos os dias quando olho no espelho, me culpo por não cuidar de mim, me culpo por não cuidar do amor, me culpo por todas as noites chorar por falta de algo, me culpo por sentir saudade daquilo que não me pertence, me culpo por esse corpo largado, flácido e ridículo.
Ninguém sabe como é se sentir inferior quando passa uma mulher sexy, bonita e com corpo escultural na sua frente, é tão triste perceber que a vida me ensinou assim, me ensinou a admirar corpos alheios e esquecer o meu, odiar o meu! Deus sabe o quanto tentei melhorar, Deus sabe o quanto eu tentei ser forte, eu tentei. Juro que tentei.

Eu abandonaria tudo isso por um pouco de paz e amor próprio, abandonaria minha vida para ganhar outra com um corpo perfeito pra mim, uma mente saudável e um amor que seja meu. Eu abandonaria meus olhos inchados por um sorriso sincero, eu abandonaria minha cama por um andar confiante por aí. Eu abandonaria tudo! Sabe como isso é terrível? Eu me matei, aos poucos, por amor. Hoje eu me abandonaria por tanto sofrimento passado para ganhar uma nova vida vazia. É o meu ultimo desejo antes de fechar os olhos nessa noite, me abandonar e partir sem olhar para trás!

Nenhum comentário:

Postar um comentário