domingo, 15 de fevereiro de 2015

A vida não te dá escolhas.

Primeiro tópico: Você não escolhe se quer nascer ou morrer, não escolhe conhecer tais pessoas, não escolhe sofrer privações ou preconceitos; a vida nunca te deu essa opção. Posso dizer uma coisa? Você não é livre para decidir o que quer da vida ou o que fazer com a mesma, sempre haverá um empecilho e vai depender disso pelo resto da vida, seja família ou não.

Segundo tópico: família não é a base de tudo! Você é a base de tudo, pare de colocar a responsabilidade no próximo quando você devia ter feito ou deixado de fazer tal coisa grandiosa. Se não é capaz, não o faça e no final não terá que se desculpar ou querer que o outro se desculpe. Não somos capazes de tudo, na verdade... de quase nada. O ser humano é algo tão pobre que se contenta com as poucas moedas que no bolso estão, se contentam com uma lambida de seu cão sem se lembrar que ele lambeu o próprio rabo antes de lamber sua fuça. Se contentam com qualquer sorriso de estranho sem saber que na mente do mesmo ele te julga como o pior e mais imundo animal. A vida nunca foi fácil e as pessoas ainda são inocentes demais para enfrentar o mundo de queixo erguido. Eu não estou pronta para enfrentar o mundo, nem o inferno. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário