terça-feira, 19 de agosto de 2014

Fome.

Tudo gira e a mente vaga entre lampejos de fome, fome de carne e prazer. Fico psicótica sentindo seu cheiro no meio da noite, sentada na cama com odor de cigarro e café penso no seu corpo se esfregando ao meu sem pudor algum. Meus seios grudados em seus tórax enquanto estamos em uma sintonia sem fim de beijos e carícias! A cada segundo imploro por suas mãos em minha bunda, apertando-as com fervor. A mente vacila e cai numa tentação terrível, a tentação carnal e tão humana.
 Os seres foram feitos para amar mas eu fui feita para ser saciada ao cair da noite sem limites e sem cuidados. Me use rudemente enquanto é tempo porque amanhã de manhã posso estar saciando o prazer de outro cara mas saiba que a minha fome de você é insaciável e meus segundos de sexo insano pode se tornar o seu vício também.... Meus lábios podem fazer falta em dias difíceis e meu corpo pode ser o refúgio da sua vida sem graça, eu simplesmente não me importo! quero apenas que me segure nessas suas mãos que me fazem ferver a cada toque. Sou sua por essa noite e nada mais então faça o que tem vontade enquanto está escuro e não podem nos ver, me machuque enquanto os outros pensam que é uma briga de casal, eu não me importo! eu simplesmente não me importo porque amo o jeito rude que me trata, a forma como me joga na cama e segura meu pescoço enquanto utiliza o seu sentido mais aguçado em meu corpo. Pode parecer vulgar te amar assim, com esse amor de uma noite só mas é apenas a realidade! todos amamos por uma noite, apenas prolongamos o prazer em nossas camas. Quero prolongar o seu prazer quantas noites quiser e enquanto sua cama estiver vazia pra mim e cheia de manchas da noite anterior, não se esquecendo dos cabelos puxados e arrancados durante as horas de festa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário